A Itália renovou o período de Quarentena, veja o que mudou no último decreto e os impactos

O Primeiro Ministro Italiano Giuseppe Conte, anunciou na semana passada uma extensão da quarentena, a nova data foi marcada para o dia 13 de Abril.

Como essa decisão depende da evolução do cenário, a comunicação do governo tem sido repetitiva e clara: Todas as decisões podem mudar, todos os dias.


Veja neste artigo como isso tem afetado a vida dos italianos e imigrantes que estão no país, e de brasileiros que estavam aqui na Itália em processo de reconhecimento de cidadania.


Um resumo da situação na Itália


A Itália continua sendo o país com maior número de mortos por coronavírus, nos últimos dias, tivemos uma queda em número de mortos e de contagiados, esperamos que esse seja o sinal de controle da epidemia.


Os primeiros casos de coronavírus na Itália foram confirmados pouco antes do carnaval, e desde então, o governo tem adotado medidas para conter a epidemia. No início foram fechadas as escolas, museus e centros comerciais, depois disso, diversos decretos foram restringindo ainda mais as atividades. A Itália segue no isolamento total há exatamente 29 dias.


A região mais atingida da Itália é a Lombardia, onde fica Milão. Essa região concentra mais de 50% dos casos do país e tem uma diferença enorme entre as outras duas regiões mais atingidas, veja abaixo os números que o governo italiano divulgou ontem:


Lombardia: 50.455 casos totais

Emilia Romagna: 17.089 casos totais

Piemonte: 12.362 casos totais


A Lombardia tem transferido pacientes para as regiões menos afetadas desde o inicio da crise. A Itália ainda não esgotou a capacidade de leitos e esperamos que esse momento não chegue, a grande batalha é para que a população não fique doente ao mesmo tempo e por isso, a estratégia do isolamento.


Como está a vida de quem mora na Itália?


Para sair de casa, você precisa preencher e assinar um formulário dizendo onde mora, onde vai e horário do deslocamento. É possível sair para fazer compras essenciais mas pedem que apenas uma pessoa da família se desloque para evitar aglomerações.


Na região do Vêneto, já é obrigatório o uso de máscaras e luvas para 100% da população. Para garantir o uso, o governo entregou máscaras produzidas na região mesmo, em todos os comunes (prefeituras). Eu recebi as minhas máscaras em casa, entregues na caixa de correio. Também é fácil comprar álcool em gel nos mercados, sempre de produção local e com preços justos.


As caminhadas próximas ao local de residência também foram suspensas. O isolamento tem sido total, deixando as ruas desertas e um clima triste e esquisito.





Todos os demais serviços, chamados de não essenciais, foram suspensos.


Atendimentos emergenciais


Desde o início da epidemia, a recomendação em caso de suspeita do vírus é não ir ao hospital. Existe um número de atendimento dedicado apenas a esses casos para que uma primeira avaliação seja feita. Acompanhamos dois casos urgentes nas últimas semanas, uma senhora que mora sozinha e uma pessoa jovem que caiu da escada, nos dois casos, a ambulância chegou em menos de 30 minutos e o atendimento foi concluído em casa.



Turismo

Nenhuma viagem de turismo é permitida no território Italiano. Os italianos e estrangeiros que não conseguiram concluir a viagem iniciada antes do inicio do decreto, só podem se locomover para chegar ao seu local de residência.

É recomendado que entre em contato com o Consulado mais próximo para saber os procedimentos de embarque e desembarque em cada país.



A expectativa para os próximos dias é grande, esperamos que nas próximas semanas já entre em vigor as medidas de moderação do isolamento para que aos poucos, a vida volte ao normal.




Em Destaque:


Como abrir sua conta corrente fora do Brasil












  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

www.imigrei.com.br | São Paulo, Brasil | Veneza, Itália | Lisboa, Portugal

imigreibr@gmail.com