Como levar seu PET para a europa

Atualizado: Ago 7

Esse tem sido um dilema para muitas pessoas que decidem mudar de país.

O processo para qualquer animal é de fato estressante pois muda totalmente a rotina e eles ficam presos por muitas horas.

Para gatos, pode ser um trauma pois eles são mais assustados com ambientes externos e muitos veterinários não recomendam nenhum tipo de tranquilizante ou sedação.

Para cachorros ou gatos que viajam no porão, também não é recomendado tranquilizante e teremos algumas horas de vôo de aflição até o reencontro.

De qualquer forma não é uma situação confortável mas deixar uma parte da filha para trás não é uma opção até porque eles ajudarão e muito na adaptação ao novo país então, como fazer para tornar essa experiência menos sofrida?


ANIMAIS NA CABINE OU PORÃO?


O lado bom é que animais que pesam até 8kg somados com a caixa de transporte, pode viajar na na cabine com o dono em muitos vôos e sem dúvida ter o dono por perto ajuda a manter a calma.

Eu levei meus dois gatos na cabine pois viajei com meu marido, você pode levar um animal por pessoa. Eles foram em silêncio a viagem toda, até tiraram um cochilo em algum momento. Para mim sem dúvida foi melhor tê-los por perto.

Durante todo o trajeto eles não podem sair da bolsa de transporte mas você consegue ficar com a bolsa no colo em alguns momentos.


PASSO A PASSO


Segue um passo a passo para levar gatos do Brasil para a Europa. Recomendo checar as regras do país de destino com antecedência pois pode variar e as leis sofrem alterações constantes.

Sem nenhum a dúvida, é melhor você começar o processo com 4 meses de antecedência.


PRIMEIRO PASSO - 4 MESES ANTES - MICROCHIP


A microchipagem do animal é obrigatória e deve ser o primeiro passo.

O Padrão tem que ser internacional e você receberá o Certificado de Microchipagem ISSO 11784 ou ISSO 11785. É uma injeção subcutânea e os veterinários dizem ser indolor, o que pode acontecer é o Microchip se movimentar dentro do animal o que não causará nenhum problema, porém, quando o agente passar o leitor pode ser que não encontre exatamente no local então mantenha a calma e pede para que ele passe o leitor pelo animal até encontrar.

Procure uma Clínica ou um Veterinário que já esteja habituado a esse procedimento.


SEGUNDO PASSO - 4 MESES ANTES - VACINA DE RAIVA


A vacina pode ser aplicada no minuto seguinte à aplicação do Microchip mas não pode ser aplicada no minuto antes, isso é obrigatório.

Como os documentos saem com data e horário, isso será validado.

O Veterinário vai emitir um certificado com o número de identificação do animal. Sugiro anotar esse dado em todos os documentos do animal, inclusive na carteira de vacinas.


PAUSA NO PROCESSO: ESPERAR 30 DIAS APÓS A DATA DA VACINA


TERCEIRO PASSO - 3 MESES ANTES - COLETA DE SANGUE


Passados os 30 dias da vacina, você deverá coletar sangue para fazer a sorologia. O exame tem que ser realizado por qualquer laboratório aprovado em conformidade com o artigo 3º da Decisão 2000/258/CE e o resultado pode demorar até 60 dias.

Importante: A coleta de sangue tem que ser feita 3 meses antes da sua viagem.

Caso o exame não tenha um resultado superior a 0,5UI/ml você terá que refazer todo o passo 2 e 3 com os mesmos prazos.


QUARTO PASSO - RESULTADO DO EXAME E AGENDAMENTO NO SISTEMA DE VIGILÂNCIA AGROPECUÁRIA INTERNACIONAL


Quando receber o resultado da sorologia, caso seja aprovado, deverá contar o prazo de 90 dias após a coleta de sangue. Após esse prazo, agendar no VIGIAGRO que fica no Aeroporto da Capital da Cidade onde o Pet vive para a emissão do CZI (Certificado Zoosanitário Internacional)


Esse agendamento deve ser feito em até 10 dias antes da viagem, em algumas unidades da VIGIAGRO pedem para ser 5 dias antes da viagem.


QUINTO PASSO - DIA DE IR NO VIGIAGRO


Documentos que devem ser apresentados:


- Passaporte do proprietário do Pet

- Certificado de Microchipagem

- Exame de Sorologia

- Cartão de vacina do Pet

- Atestado de saúde do Pet de preferência da mesma data ou de um dia anterior (esse documento é válido apenas por 3 dias)

- Endereço do animal no Brasil e também endereço de Destino


O CZI é emitido no mesmo dia ou em até 2 dias. Com o CZI em mãos você poderá ligar para a empresa aérea e reservar a vaga do seu Pet no seu vôo.


Valores estimados (Julho 2018)


Até 8kg = 150,00 Euros

De 9kg até 32kg = 200,00 Euros

De 33kg até 45kg = 300,00 Euros


Caso o animal pese juntamente com a caixa mais do que 45kg, deve ser feito o despacho aduaneiro do animal com o auxílio de um despachante.


ÚLTIMO PASSO: E-MAIL PARA O VETERINÁRIO DE DESTINO


Essa regra não é igual para todos os países, em Portugal por exemplo é necessário enviar um e-mail para o veterinário no destino com 2 dias de antecedência para informar a chegada do animal, no e-mail é importante anexar todos os documentos, horária de chegada e número do vôo.

Esse e-mail pode ser solicitado na imigração.


GATOS - EXCEÇÃO


A maioria das Cias aéreas não aceitam animais com focinho achatado ou Branquicefálicos, como os Persas, com a pressão causada dentro do avião esses animais podem ter dificuldade de respiração.


DEVO CONTRATAR UMA ASSESSORIA?


Existem algumas empresas especializadas e podem organizar todo esse processo inclusive, fazendo coletas domiciliares, agendamentos, tudo que for necessário.



É possível fazer o processo sozinho mas será necessário muita organização e atenção à todas as exigências e prazos.

Uma assessoria especializada pode fazer todo o processo e você ficará muito mais tranquilo porém, tem um custo e ele não é baixo.

Em outro post, conto como foi a minha experiência.


Se você teve alguma experiência ou tem alguma dúvida, escreva para a gente.



  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

www.imigrei.com.br | São Paulo, Brasil | Veneza, Itália | Lisboa, Portugal

imigreibr@gmail.com