Entenda porquê os brasileiros estão voltando de Portugal

Atualizado: 17 de Dez de 2019

Os últimos números da população brasileira em Portugal confirmam a crescente emigração para o país europeu. Em 2018 a quantidade de residentes brasileiros teve um aumento de 23% passando de 85.426 para 105.423 considerando claro, os brasileiros registrados oficialmente.


Só em 2018 foram emitidos 28.210 títulos de residência para brasileiros enquanto os italianos em segundo lugar receberam 6.989 títulos de acordo com os dados divulgados pelo SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras


Hoje o Brasil representa 21% dos imigrantes em Portugal.


Nos 4 primeiros meses de 2019 foram emitidos 17 mil títulos de residência, informação do ministro da administração interna, Eduardo Cabrita chegando a um total de 105.423 brasileiros registrados


Seja por uma busca por segurança, educação ou emprego esse número continua aumentando e com isso claro algumas consequências.


O QUE ESTÃO DIZENDO ALGUNS BRASILEIROS QUE VIVEM EM PORTUGAL


Estive em Portugal conversando com diversos brasileiros que se mudaram nos últimos anos e a percepção que o preconceito com brasileiros aumentou é unanime.

Precisam ser consideradas exceções, há em todos os lugares pessoas que são mais tolerantes à imigração em geral e outras intolerantes mas em geral, eles sentem uma certa sobrecarga no país.


Conversei com um taxista que chegou a dizer que infelizmente "brasileiro" se tornou um adjetivo, a frase exata dele foi:


"Basta dizer que é brasileiro e sabemos que trata-se de algo feito errado"


Também tenho sentido através dos clientes que nos serviços públicos ou de atendimento em geral, esse comportamento tem aumentado.

É normal que um atendente ao ver que trata-se de um brasileiro, pede coisas desnecessárias para dificultar o processo.

Minha recomendação tem sido que o cliente tente outro atendente e normalmente dá certo.


Nos aluguéis é comum que peçam 12 meses de aluguel antecipado ou no pior dos casos, dizem que o imóvel já foi alugado apenas para não alugar para um estrangeiro.


INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O NÚMERO DE BRASILEIROS VOLTANDO DE PORTUGAL


Recentemente, a Veja publicou uma matéria que deixou em dúvida quem está pensando em se mudar para Portugal. Casos de brasileiros voltando de Portugal com planos frustrados por diversos motivos.


É normal que pessoas não se adaptem ao novo país e retornem ao país de origem ou ainda, tentem outro país. É preciso entender, se o aumento desse número deve-se apenas ao aumento de brasileiros que foram, ou se realmente é melhor repensar o plano Portugal.





O SEF disponibiliza em seu site oficial, relatório muito importantes e que nos ajuda a entender um pouco dos números. O último relatório que se refere à 2018 mostra os número que citamos acima enquanto a OIM - Organização Internacional de Imigração, disponibiliza pelo programa Arvore - Apoio de retorno voluntário e reintegração, a taxa de retorno dos imigrantes ao país de origem.


Ai vem o problema, algumas empresas que vendem serviços para brasileiros que estão pensando em se mudar para Portugal, utilizam os dados da OIM para mostrar que de 2016 a 2018, apenas 638 brasileiros voltaram ao brasil.


PORÉM, e esse porém é em letras maiúsculas porque essa analise individual é GRAVE. Esse é o número de brasileiros REGISTRADOS que voltaram ao brasil como o apoio a OIM.

É um dado completamente superficial já que a maior parte dos brasileiros que retornam não sabem nem que a OIM existe.


É muito sério que essas empresas, sites e perfis das redes sociais continuem incentivando a imigração como se Portugal fosse um paraíso e que nada pode dar errado por lá.

Infelizmente, eles não estarão presentes quando os planos desses clientes se tornarem um problema.


Nós não incentivamos nem dizemos o contrário porém, como qualquer outra mudança é preciso ter cuidado, muita analise, reflexão, planejamento financeiro e principalmente saber o que o espera do outro lado para se preparar e não ser surpreendido.


VERDADES SOBRE PORTUGAL


Portugal é um país lindo, está ai algo que não sei se alguém conseguirá discordar porém, ele é pequeno e é preciso ver que tem recebido uma quantidade enorme de imigrantes, bem superior talvez ao que consegue dar suporte.


Portugal também é hoje um dos menores salários mínimos da Europa e o custo de vida aumentou significativamente nos últimos anos principalmente nas grandes cidades, justamente pelo aumento da procura.


Uma das maiores mentiras que temos visto é que pode se viver em Portugal muito bem com 1500 euros. Essa conta não pode ser feita de maneira tão simplista pois deve-se levar em conta diversos fatores pessoais porém, se for morar em Lisboa ou no Porto dificilmente conseguirá encontrar um imóvel para alugar e ainda arcar todos os custos com esse valor.


É verdade que Portugal é um país barato mas dependerá do fator de comparação.


Ouvi de uma empresa uma vez, dando palestra para brasileiros que Lisboa ainda tem muito espaço para crescer pois não alcançou os preços de Paris.

O que acontece é que não faz o menor sentido que um imóvel em Lisboa custe o mesmo que um imóvel com as mesmas características em Paris que tem números completamente diferentes em relação ao turismo mas também, salário mínimo e todos os demais fatores.



FALAMOS A MESMA LÍNGUA, A MUDANÇA SERÁ MAIS FÁCIL


Apesar de falarmos português, sabemos que existem muitas diferenças na língua porém esse não é mesmo um fator preocupante. O preocupante é que a diferença cultural não desaparece apenas por falar a mesma língua.


Muitas pessoas que voltam, citam a dificuldade de adaptação. Algumas porque sofreram preconceito na hora de alugar um imóvel ou de conseguir um emprego, outras, pelo dia a dia mesmo e solidão pois você demora um tempo até construir novas amizades e isso acontece em qualquer língua.


Um outro fator que deve ser considerado é que o nível de conhecimento da língua inglesa dos portugueses é normalmente superior ao dos brasileiros. Como as fronteiras na Europa são muito mais próximas, você precisará de inglês mesmo para os empregos mais básicos, chamados no brasil de subempregos.


DIFICULDADE COM DOCUMENTOS


Muitos brasileiros chegam em Portugal com visto de turista para depois regularizar os documentos, esse processo é muito mais difícil e demorado e nesse meio tempo você ficará sem assistência médica de rotina e sem poder trabalhar.

Isso também dificulta bastante na hora de alugar um imóvel pois sem documentos, o proprietário tem ainda mais receio de alugar e quando aceita, aumenta o o valor antecipado por garantia.


E AGORA? MUDAR OU NÃO PARA PORTUGAL


Essa resposta só pode ser dada por você. Existem muitos brasileiros que estão muito felizes e não imaginam voltar ao brasil. Outros, estão de malas prontas para voltar e bem arrependidos, qual a diferença entre eles?


Planejamento, analise de informações reais, encarar a mudança de forma realista e prática e não com a ilusão de que desembarcar em Portugal todos os seus problemas serão resolvidos, um pouco de sorte e muita dedicação ao projeto.


Portugal pode ser a solução ou apenas um novo problema, exatamente como qualquer outra mudança.


PLANEJE - REFLITA - CONHEÇA


Se você tem o sonho de morar fora, você precisa pesquisar muito sobre o país seja Portugal ou qualquer outro. Pesquise sobre a cultura, alimentação, transportes, ritmo de vida, custos considerando a sua forma de viver, saúde, etc...

Hoje em dia a internet nos ajuda a fazer milhões de pesquisas, conversar com pessoas que passaram por essa experiência, ouça pessoas que gostaram da mudança e também pessoas que se arrependeram e filtre tudo que ouvir.

Tente ser o mais realista possível.


Se possível passe um tempo no país de destino antes de decidir mudar de fato, faça viagem de férias e foque nas pesquisas. É claro que férias é muito diferente do dia a dia mas ajuda já num primeiro contato.


O planejamento financeiro é sem dúvida o mais importante, não acredite em números exatos que te passem, faça as suas contas de acordo com estilo de vida e considere os imprevistos que sempre ocorrem.


Lembre-se que você estará longe de tudo e todos que conhece e qualquer dor de barriga será mais sofrida até que você se sinta novamente em casa.


Converse com profissionais especializados que possam te orientar corretamente em cada etapa desse processo e leve muito a sério essa mudança.


Tenha cuidado com informações de pessoas que estão se baseando apenas em sua própria experiência, por mais bem intencionadas que possam estar, não estão aptas a dar orientação profissional e isso pode causar sérios prejuízos.


Nada pode ser generalizado, alguns portugueses recebem bem os brasileiros, outros não e será assim em qualquer lugar.

A melhor forma de fazer qualquer mudança é sabendo da realidade, se preparando muito pra ela e indo disposto a enfrentar esses problemas até que possa chamar de sua nova casa.


Boa sorte na decisão e boa mudança, seja ela qual for.








  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

www.imigrei.com.br | São Paulo, Brasil | Veneza, Itália | Lisboa, Portugal

imigreibr@gmail.com