Viajar com Pet pela Air France | Como foi a nossa viagem

Atualizado: Ago 7

Se você está de mudança ou viagem marcada para a França ou outro país da Europa, provavelmente já pensou em pegar os voos da Air France


Nessa série, entrevistei pessoas que já levaram seus animais para outro país com diversas companhias aéreas.

Eles contaram tudo, em detalhes, sobre a experiência do ponto de vista burocrático, a reação dos animais e também de atendimento da companhia aérea.


Entrevistei também veterinários e empresas especializadas em transporte aéreo de pet, eles dão dicas valiosas para ajudar na sua viagem e evitar erros principalmente nos documentos que sabemos que pode virar um pesadelo, além dos altos custos.


A primeira matéria e não poderia ser diferente, é sobre a minha experiência levando meus dois gatos de São Paulo para a França.


Quer saber como é viajar com animais com a Air France?


A primeira viagem do Tyrion e do Scott, foi de São Paulo para Paris e usamos a Air France, em um vôo sem conexões.




Bolsa de transporte


Eu viajei em 2019, os gatos estavam com 2 anos e cada um com 4kg.


Eles viajaram na bolsa de transporte, junto comigo na cabine pois é permitido um animal por pessoa e viajei com meu marido.


Eu comprei essa bolsa de transporte expansível na Amazon


Comprei uma outra bolsa simples, mais barata também na Amazon




Normalmente, eles permitem apenas 2 animais por cabine, por voo, por isso é extremamente importante conciliar a reserva da sua passagem e dos bichanos que infelizmente, não pode ser feita na mesma ligação.


Algumas companhias aéreas permitem 2 animais em uma única bolsa de transporte, outras não. A Air France exige uma bolsa por animal o que eu acho mais prudente afinal, nunca sabemos exatamente que reação eles terão sob pressão.


Eu comprei a bolsa extensível pois os dois são muito parceiros e achei que ficariam mais tranquilos juntos, no taxi, no aeroporto onde pode, eu os deixei juntinhos.


Atenção apenas para fazer a mudança entre as bolsas, é muito importante que eles estejam de guia além da bolsa pois o instinto deles é sempre de fugir.


Como foi o check-in no aeroporto com cachorros?


Eu estava preparada para um processo bem complexo porém, no check in percebi que a equipe da Air France estava totalmente preparada para essa situação.


Eles checaram os documentos dos gatos e os nossos, deram orientações de mantê-los sempre dentro da bolsa, com a guia e nos orientaram a usar as duas caixas de transporte no momento da decolagem, depois da decolagem, disseram para pedir aos comissários autorização para eles irem juntos na bolsa extensível.

Eles não pesaram os gatos mas mediram a bolsa de transportes que estava dentro do permitido.


Como foi embarcar os gatos com a Air France?


O embarque foi tudo bem tranquilo.

Assim que encontrei meu assento, falei com a comissária de bordo e informei que estava viajando com dois gatos.

Ela foi extremamente atenciosa e simpática, reforçou que deveríamos deixá-los em bolsas separadas durante a decolagem pois eles podem se assustar com o barulho e ter alguma reação um pouco mais agitada.

Disse que após a decolagem, voltaria para nos ajudar a fazer a transferência de um deles para a bolsa de transporte extensível mas reforçou que eles deveriam ficar dentro da bolsa o voo inteiro.

Nos contou que já tinha passado por uma fuga felina dentro do avião e foi horrível porque eles não encontraram o gato durante todo o voo. Eles realmente têm o poder de encontrar buraco pra se esconder, então melhor prevenir.




Durante todo o voo, fiquei com a bolsa no meu colo respeitando apenas os avisos de turbulência pois nesses momentos, a bolsa tem que estar em baixo do banco.


Eles ficaram bem calmos e quietos durante as 11 horas de viagem, em alguns momentos eu colocava a minha mão dentro da bolsa para que eles nos sentissem ali.


Eu indico a Air France para viajar com animais


A minha experiência com a Air France foi extremamente positiva.

Entendo que isso pode variar de acordo com a equipe que te atenderá mas acredito que a companhia siga um padrão e que em geral, estão todos muito bem treinados para receber nossos animais.


Nota: Lembrando que essa experiência foi de animais na cabine e não despachados.


Dicas sobre viajar com animais pela Air France


A Air France tem uma política de venda de assentos bem justa, eu comprei assentos especiais para não ter mais ninguém sentado ao nosso lado durante o voo e valeu a pena. Viajamos em poltronas mais espaçosas, o espaço para movimentar a bolsa de transporte era maior e tivemos mais conforto.


Na hora de fazer a reserva por telefone, explique para a atendente que vai viajar com animais e faça as cotações com calma, pode valer a pena.

A atendente da Air France me ajudou inclusive a fazer a reserva do voo pelo site, utilizar a ferramenta "pague para pensar" que também não tem um preço absurdo e assim garantir que os gatos poderiam viajar junto comigo sem correr o risco de ter que despachar.


Depois de emitida a reserva deles, emiti a minha passagem e assim não tinha esse risco.

É muito importante conhecer todas as regras da companhia aérea. Caso você encontre com algum profissional despreparado, você saberá exatamente o que pode, o que não pode e poderá recorrer a outras alçadas se estiver com a argumentação correta.


Viajar com um animal não é impossível nem tão simples, estamos preparando um guia gratuito para compartilhar mais experiências. Veja nesse texto, mais informações sobre essa experiência.


Tem uma experiência de viagem com Pet? Compartilhe conosco.


  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

www.imigrei.com.br | São Paulo, Brasil | Veneza, Itália | Lisboa, Portugal

imigreibr@gmail.com